27 de dezembro de 2013

26 de dezembro de 2013

Que fazer?

Hoje estarei com o Miúdo...

Depois das mentiras descobertas... Depois de acabarmos...

Quer falar comigo, quer explicar o porque de ter mentido e que quer lutar por mim...

Que fazer?

24 de dezembro de 2013

Bom Natal para quem???

Desejo a todas/os voces que aqui passam, um BOM NATAL..

Para ti... Para ti... e Para ti...

Para mim apenas espero que a dor passe... um bom natal nao sera, mas tentarei ter um sorriso na cara para incobrir a dor, para que seja um bom natal para a minha familia.

23 de dezembro de 2013

O fim... :(

E assim chegou ao fim a minha relação de 1ano, 3meses e 1semana :(

Sexta-feira foi o dia... 
Acabou tudo... 
Um vazio que fica a juntar a dor que é agora insuportavel...

Neste tempo de namoro, era pouco o tempo que estavamos juntos quartas-feiras a noite para um cafe... Sextas a noite pa sairmos... Sábado podiamos estar juntos mas so vinha a noite... Domingo... podiamos tar juntos, mas queria dormir...

Neste tempo de namoro tivemos 1unico fim de semana completo para nós... Uma meia de duzia de umas tardes de sabado e quase outras tantas de umas tardes de domingo...

Neste tempo de namoro, nunca me apresentou a familia... dizia que eram apegados a ex namorada, mas passado 1 ano comecei a questionar se ainda n teriam ultrapassado... 

O motivo de tão pouco tempo comigo, dizia ele, era o facto de ter a avo doente, com pouca mobilidade e ter que ajudar o avô antes de sair (ex: deita-la etc...)Entretanto a avo foi para o hospital... Tentava compreender, pois familia é familia...
Mas as desculpas foram aumentando... Passou a ter que trabalhar ate mais tarde... Passou a ter que ir para fora para reunioes, quando ele nem sequer é chefe... 

Sexta-feira, mais uma discussao...
Mais uma vez referi que tinha pouco tempo para mim, e que se calhar era tempo de me mostrar/ provar que lutava pela relaçao tanto quanto eu...
Disse que se sentia pressionado e sufocado (apos 1 ano sem nunca lhe exigir nada, quando o fiz começou a sentir-se sufocado)

No meio da discussao (por tlm) disse:

"- Queres que te deixe, para teres tempo para fazer tudo aquilo que tens feito ultimamente, que e tudo, menos tar cmg?"
Ao que ele disse:

"-Deixa!"


Acabou tudo ali... sem luta da parte dele... Mais da minha parte ja n podia lutar....

Como foi uma conversa telefonica, no sab desloquei-me ate perto de casa dele e liguei-lhe pa vir ter cmg e falarmos... Disse que não estava em casa e que tinha saido com o avô.
Perguntei-lhe se estava no hospital a visitar a avó, disse que nao, que estava em casa de um tio com o avo...

Qual não é o meu espanto, enquanto estava ao tlf com ele, ver o avô dele a chegar a casa e la em cima na porta de casa apareceu a avó...

No final de contas... Não estava com o avô...

Mas o pior de tudo, desde sempre me mentiu, dizendo que a avo tava doente, quase sem mobilidade e que tinha ido para o hospital...

Nunca me foi apresentada a familia, mas sabia quem eles eram...

Brincar com a saude de alguem... Ainda por cima familiar... Para não estar mais tempo cmg???
Não sei o motivo... Se existia uma outra pessoa não sei, e pelos vistos nunca saberei... Se existiu outro motivo tb n sei e nunca saberei...

O que sei é que sempre fui sincera com ele, e esperava o mesmo da parte dele...
E não foram mentiras pequenas...

Só me resta esquecer... Esquecer que ainda gosto dele... Esquecer que fez parte de mim...
Esquecer tudo e tentar seguir em frente...

Doi.. Doi muito... Doi ainda mais ver os meus pais e irmão a sofrerem por me verem sofrer...

Que fazer ? :(



P.S.- O desabafo... e a sentir-me perdida nesta vida de m*rda...


Real Time Analytics